segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Simbolismo


Leve era a plumagem do rapaz
Sagaz,
Indecente com cigarros a bailar,
Ninar,
Bonecas enroladas em tecidos de cortes
Atrás,
Casado com o filho do vizinho do pai
Capaz,
De olhos roxos pela rua a oferecer,
Seus lábios,
Para que outros homens ponham-no em lugares
Não convencionais,
Anais,
Sujo de esperma ele passeia pelos carros
Saltar,
Estigmatizado pelo sadismo e fezes que outrora já deixaram
De manchar,
O vestido velho da mãe também puta,



Vai dar,
Vai dar,
Vá dar.













Trabalho.


Nenhum comentário:

Postar um comentário